Bem-Vindos ao Nobel Felipense.

Liberdade de Expressão e Democracia com respaldo no atual Art. 220º e § 2º da Constituição da República Federativa do Brasil, promulgada em 5 de outubro de 1988.

sábado, 10 de setembro de 2011

O Império dos Cabrestos! A odisséia continua.



O voto de cabresto é um sistema tradicional de controle de poder político através do abuso de autoridade, compra de votos ou utilização da máquina pública ou de poderio privado. Esta expressão é usada para designar o sistema de poder onde as eleições são controladas ou manipuladas por quem detém o poderio econômico e social, ou seja nada que não sabemos por estes lados, está as vistas que é um mecanismo muito recorrente neste rincão mais pobre chamado Felipelândia.

A figura dos Donos do Império é muito comum desde sempre e tem tido bastante “sucesso” por cá, são eles que detém e centralizam todo o poder local e atuam como os Donos de Felipelândia, utilizam do poder econômico para garantirem a eleição dos candidatos que apoiam. Um sistema que usa escandalosamente o voto de cabresto, onde os Donos do Poder obrigam e usam de violência psicológica (e por vezes física através dos famosos Babões) para que os eleitores do seu "curral eleitoral" votem nos candidatos apoiados por eles. Como o voto é aberto e dizem por aí que vivemos em país democrático de direito, então porque eles pressionam e fiscalizam com seus Capangas Bajuladores os seus eleitores?

Muitos possuem o cinismo ao afirmarem que no sistema político e eleitoral vigente, nos dias atuais, é muito difícil controlar o voto das pessoas através do voto eletrônico. Mas sempre houve e existem novos mecanismos de pressão que são usados contra um povo menos esclarecido. Por exemplo, anotar as secções em que os eleitores de uma determinada família ou localidade votam, para depois conferir se a votação do candidato correspondeu ao que se esperava dos eleitores para determinado candidato. Embora não seja possível se determinar "quem" votou em "quem" por este método, ele é eficaz entre a população mais pobre como instrumento de terrorismo psicológico abusando e violando os direitos das pessoas, muitos não escondem literalmente que praticam esta forma "sadia" de angariar votos, digo isto citando a palavra "sadia" devido nunca ter visto alguém no Império de Felipelândia pagar por esta violação dos direitos humanos feito a luz do dia a cada 2 anos (sempre nas eleições dos governos e muita mais intensa e abusiva nas eleições para prefeito/vereadores).

Mas claro que não podemos esquecer que há também o uso de poder das Milícias locais do Império e de outros candidatos que surgem do nada, por exemplo nas comunidades mais pobres da nossa terrinha, há Milicias que obrigam os moradores locais a votar em quem eles querem, ou não permitem o voto em candidatos cujo a Milícia não aceita ; se a população não cumpre seu “papel” a Milícia comunica ao Império destes eleitores "traidores" e abusam do poder fornecido pelo Império ou do seu financiador contra estas humildes pessoas, e assim param de "ajudar" os moradores locais e quando não causam danos mais sérios e prejudicam a vida delas até voltarem novamente ao "curral" de onde nunca na vida deveria ter saído.

É do conhecimento de todos nós da Colméia de Felipelândia que a compra do voto ainda é muito praticada por todos os políticos locais, uma pequena correção, quase todos (acredito que exista alguém que nunca tenha feito isto)! E é bastante eficaz pois existem muita gente incompetente, improba e ociosa vivendo e bem do dinheiro público. Quando os eleitores acéfalos ou azêmolas locais vendem seus votos se sentem obrigadas, compromissadas com um candidato depois de terem recebido algo como um simples favor, uma dentadura, uma carona , um litro de gasolina, dinheiro para ir a uma festa (10 reais) ou até mesmo a inclusão de seu nome em alguns dos programas obrigatórios assistenciais sustentados pelo governo (mesmo assim existe muita gente metida à chique usando destes programas sociais e usurpando daqueles que precisam realmente deste auxílio), e que distribuem poucas dezenas de reais a milhares de pessoas que seriam atendidas com melhor proveito caso dispusessem de maiores oportunidades de emprego, além de adequados serviços de formação profissional, saúde, segurança e principalmente educação cívica para não terem que venderem seus votos ou fazerem parte de "currais eleitorais" do Império, ou melhor para não serem tratados como são os animais quando são vendidos pelo seu dono.

Pois é assim, e assim ganham-se as eleições em Felipelândia e também na maioria dos municípios lá do Brasil (como dizem os mais cultos e cientista políticos Felipenses: É Pêia!) , todos utilizam de artifícios sórdidos e grotescos para atingirem seus objetivos e logo a seguir “dão-lhes um grande chutão nas vossas bundas”, pois o compromisso dos políticos foram cumpridos com os eleitores comprados, pagaram por seu voto, e a partir deste instante todos os seus direitos como eleitor foi para o ralo.

Uma coisa eu acredito, respeito e sei que cada um possui seus problemas pessoais e familiares, mas aquele que vende o voto recebe muita além daquilo que ele vale como pessoa. Ou seja, se você vende seu voto por XX reais saiba que recebeste a enésima potência daquilo que você vale, pois quem vende um voto não vale absolutamente nada e comporta-se como um criminoso tanto quanto um político que sucateia e milita a ruína do seu povo! 

Ficamos todos com Amor e Paz em Pedra das Abelhas e a todos seus Filhos sejam eles onde estiverem.



                                                               
                                                                          (...)

7 comentários:

Diego Trajano disse...

Muito boa postagem que pena que a maioria dos analfabetos de Fg não entenderem nada que vc tenta enviar nessa grande mensagem. Seria bom se todos os bloq tivessee a coragem de escrever da forma que vc escreve com sabedoria e argumento, leio seu blog todo dia pq aprendo com ele e deixei de ler blogs que só fala em festas e nem sabe escreverem o português correto.

Valeu Nobel sou seu fã cara.

Anônimo disse...

Realmente brilhantes seus argumentos e acredito que é pessoas como vc que FG precisa pra poder ser uma cidade digna de viver. Não te conheço mais admiro sua intelectualidade e saber que FG possui uma pessoa como vc.

Te admiro Nobel, por favor nunca pare de escrever a verdade nesse seu blog.

Anônimo disse...

Ñ EXISTE MAIS VOTO EM CABRESTO, VEJA NA ELEIÇAO PASSADA O Q DR. CANINDE GASTOU, TALVEZ ATE VC TENHA SE LUCRADO DO DINHEIRO DO DOUTOR.

O Nobel Felipense disse...

" SE LUCRADO" ...mas o que é isto?

Esta vossa piada é para sorrir? Conseguiste fez-me rir, é por estas ignorâncias supérfluas que estamos no Holocausto Social que vivemos hoje em Felipelândia!

Quando irão enxergar a verdade perante aos olhos? Quando?

Anônimo disse...

Mais é esse tipo de gente Nobel que tanta encombrir os roubos e os problemas, esse Anonimo deve pensar que todo mundo é igual a ele um Babão.

Valeu Nobel belo texto se todo mundo lesse isso não falaria tanta merda.

FRANKLIN JORGE disse...

Graças a gentileza de um amigo felipense descobri esta publicação que muito me agradou.Gosto dessa verve e desejo vida longa ao nobelino blog.
Franklin Jorge
www.osantooficio.com

O Nobel Felipense disse...

Boa noite Franklin Jorge.

Desde já meu inefável agradecimento a vossa visita ao meu humilde espaço virtual, é com grande satisfação que tenho vosso amigo como meu amigo e serei grato pela indicação dele à tão ilustre figura como você.

O espaço estará sempre disponível as pessoas de bem como vós, e que este blog seja junto ao seu e demais outros uma ferramenta de justiça e probidade aos homens de bem da nossa sofrida terra.

Seja bem vindo Grande Franklin Jorge.