Bem-Vindos ao Nobel Felipense.

Liberdade de Expressão e Democracia com respaldo no atual Art. 220º e § 2º da Constituição da República Federativa do Brasil, promulgada em 5 de outubro de 1988.

sábado, 19 de junho de 2010

Uma boa Música.


Uma boa música soa-te sempre bem à vida, deixa-nos enebriados com  lembranças e marcas de momentos inefáveis vividos ao som de vozes e letras celestiais, no entanto deixo aqui uma dica de algo que faz bem aos ouvidos! Por vezes é bom evitar sons gritantes e que causam lesões auditivas, com letras pejorativas e sem conteúdos.

Indico-vos o Mestre Djavan Caetano Viana (Maceió, 27 de janeiro de 1949) um cantor, compositor, produtor musical e violonista brasileiro.

Um dos melhores cantores Brasileiro, conhecido internacionalmente,ele já ganhou o Grammy Music Internacional de Melhor Canção Brasileira (Língua Portuguesa), Djavan combina tradicionais ritmos sul-americanos com música popular dos Estados Unidos, Europa e África. Entre seus sucessos musicais destacam-se, "Seduzir", "Flor de Lís", "Lilás", "Pétala", "Se…", "Eu te Devoro", "Açaí", "Segredo", "A Ilha", "Faltando um Pedaço", "Oceano", "Esquinas" e "Boa Noite"...entre outras!

Deixo aqui apenas uma de diversas belas Letras de Louvor ao Amor feita pelo Mestre Djavan:

Um Amor Puro 
Composição: Djavan

O que há dentro do meu coração
Eu tenho guardado pra te dar
E todas as horas que o tempo
Tem pra me conceder
São tuas até morrer

E a tua história, eu não sei
Mas me diga só o que for bom
Um amor tão puro que ainda nem sabe
A força que tem
é teu e de mais ninguém

Te adoro em tudo, tudo, tudo
Quero mais que tudo, tudo, tudo
Te amar sem limites
Viver uma grande história

Aqui ou noutro lugar
Que pode ser feio ou bonito
Se nós estivermos juntos
Haverá um céu azul

Um amor puro
Não sabe a força que tem
Meu amor eu juro
Ser teu e de mais ninguém
Um amor puro

                                                     (...)

4 comentários:

Anônimo disse...

como sempre vc nobel tem bom gosto para escrever, ler e não podia deixar também de gostar de boa música. adoro seu blog.

Anônimo disse...

Faltando um Pedaço

O amor é um grande laço, um passo pr'uma armadilha
Um lobo correndo em círculos pra alimentar a matilha
Comparo sua chegada com a fuga de uma ilha:
Tanto engorda quanto mata feito desgosto de filha

O amor é como um raio galopando em desafio
Abre fendas cobre vales, revolta as águas dos rios
Quem tentar seguir seu rastro se perderá no caminho
Na pureza de um limão ou na solidão do espinho

O amor e a agonia cerraram fogo no espaço
Brigando horas a fio, o cio vence o cansaço
E o coração de quem ama fica faltando um pedaço
Que nem a lua minguando, que nem o meu nos seus braços...

-----------------------------------

Não importa o tempo ou o lugar em que estamos hoje.Djavan com suas belas canções nos faz voltar ao tempo e reviver grandes momentos que passaram ,mais que sempre são lembrados com muitas saudades.

Um Grande abraço Nobel. Vc é uma raridade que está extinção aqui em Felipelândia.

Anônimo disse...

OBRIGADO MAIS UM VEZ GRANDE NOBEL PELO SUA SABEDORIA E PRINCIPALMENTE PELO SEU APURADO GOSTO PELAS MÚSICAS E PELA LEITURA!

Assi Sales disse...

Cara, você tem colhões! Bater de cara com o "Poder" não é pra qualquer um. Você o faz com conhecimento, argumentos e consciência cívica. Parabéns!